quinta-feira, junho 25, 2009

E3

No começo do mês aconteceu em Los Angeles a E3, ou Electronic Entertainment Expo 2009.

Pra quem não sabe, a E3 é a maior feira da indústria de entretenimento eletrônico, A.K.A video-games, um mercado que movimenta milhões (bilhões???) de dólares por ano. É nela que a produtoras apresentam seus futoros lançamentos e que as principais competidoras do ramo (Sony, Nintendo e Microsoft) fazem seus anúncios de futuras novidades.

Muitas coisas boas foram anunciadas, mas vou destacar aqui algumas, que realmente chamam a atenção.

O primeiro é o Projeto Natal da Microsoft. É uma câmera com sensor de movimentos que dispensa o uso de controles para os jogos.

O vídeo é sensacional. Agora é só esperar pra ver se funciona de verdade.




Aliás, todas as empresas tem investido em algum tipo de controle de sensor de movimentos.

O Wii já é um sucesso, e a Nintendo lançou o Motion PLus pra melhorar. A Microsoft veio com o Natal, e a Sony mostrou protótipos do seu controle com sensor também.

Parece que a época da jogatina preguiçosa está no fim. Ou pelo menos ameaçada.


O segundo destaque é um jogo para o Nintendo DS, que não por acaso foi eleito o melhor da feira. Scribblenauts.

O jogo utiliza a tela touch screen do DS de forma inovadora.

Como descrito no Tarja Preta:

"Você comanda um carinha, de nome Maxwell, e deve colher estrelas que estão espalhadas por 220 (!) estágios. Parece bobo ou clichê, e até seria, se não fosse pela mecânica original. Em Scribblenauts você resolverá os puzzles escrevendo coisas. Por exemplo: escreva escada, se tiver de chegar a um determinado ponto da tela, uma escada se materializará, e o resto, você é capaz de imaginar."





E por último, mas não menos importante, GOD OF WAR 3!!!!

Simplesmente por que é GOD OF WAR!!!!!




É isso ai.
Até a próxim!

Bons Sonhos!!

2 comentários:

Redd disse...

babo com as inovações pra jogos que surgem toda hora, mas acaba q nao jogo nada! hahaha me dá preguiça! mas as ideias são sempre mto legais...

Bárbara (B.) disse...

Você adoraria ter ido nesse negócio, hein? Risos.


Beijo, Rê.